A conduta é vedada ainda que o paciente autorize.

Diz artigo 3º da Resolução CFM nº 1974/2011:

“Artigo 3º. É vedado ao médico: (…)

g) Expor a figura de seu paciente como forma de divulgar técnica, método ou resultado de tratamento, ainda que com autorização expressa do mesmo…”

A única exceção está prevista no artigo 10 da mesma Resolução, dispondo que “nos trabalhos e eventos científicos em que a exposição de figura do paciente for imprescindível, o médico deverá obter prévia autorização expressa do mesmo ou de seu representante legal”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *